E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

TRT 12ª Região define a comissão organizadora de concurso para técnico e analista

Por: Vanessa Cagliari
21/07/2016
Concurso público do TRT 12ª Região 2016 

O Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (TRT 12ª Região), que abrange Santa Catarina, vai lançar edital de concurso público em breve. Isso porque já foi instituída a comissão organizadora que ficará responsável por escolher a banca, definir o número de vagas e as áreas de atuação.

 

 

Anunciado pelo presidente do órgão, o desembargador Gracio Ricardo Barboza Petrone, o concurso do TRT 12ª Região vai oferecer vagas para os cargos de técnico judiciário e analista judiciário, de níveis médio e superior, respectivamente.

 

 

Apesar de não confirmar a oferta de oportunidades e as especialidades dos cargos, as áreas que costumam ser contempladas nas seleções do órgão são de técnico judiciário - área administrativa, analista judiciário-área administrativa, analista judiciário - área judiciária e analista judiciário - especialidade execução de mandados.

 

 

A remuneração para os técnicos está fixada em R$ 4.635,03, enquanto que o vencimento inicial para analista é de R$ 7.566,22. Como benefícios, os aprovados recebem auxílio alimentação de R$ 710,00, adicional de qualificação e adicional de cursos de capacitação.

 

 

Último concurso público do TRT 12ª Região

Sob a organização da Fundação Carlos Chagas (FCC), o último concurso do TRT 12ª Região foi aplicado em 2013 e ofertou 53 vagas. As oportunidades de nível médio foram reservadas aos cargos de técnico judiciário - área administrativa e técnico judiciário - tecnologia da informação, funções que ofereceram remuneração inicial de R$ 4.635,03.

 

 

Já as vagas de nível superior em Direito foram reservadas às carreiras de analista judiciário - área judiciária - especialidade oficial de justiça avaliador federal, com salário de R$ 7.566,22; e analista judiciário - área judiciária, com remuneração de R$ 9.228,70.

 

 

Também foram ofertadas vagas de nível superior para a área administrativa, para formados em qualquer área; e área administrativa com especialidade em contabilidade, além das áreas de apoio especializado para formados em Estatística, Tecnologia da Informação, Psicologia e Engenharia Civil, com remuneração de R$ 7.566,42, para todos.

 

 

Com relação ao processo seletivo, os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas com 60 questões e provas discursivas, que abordaram questões de Língua Portuguesa e Conhecimentos Específicos, para todos os cargos; e Matemática e Raciocínio Lógico, apenas para o cargo de técnico judiciário. Com validade de um ano, a seleção registrou 49.792 inscrições.

 

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar