E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Três agências pedem 339 vagas ao Planejamento

Por: Editorial IOB Concursos
23/08/2012

Algumas agências reguladoras estão liberando os editais de abertura de seus concursos, caso da Agência Nacional de Águas (ANA), e outras ainda estão ajustando detalhes para a iminente divulgação de seus editais, como a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Um grupo de agências reguladoras, porém, se movimenta para garantir que novos concursos para ingresso em seus quadros sejam realizados. São elas a Agência Nacional do Cinema (Ancine), Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).

Ancine

Mesmo com um concurso em vigor, a direção de recursos humanos achou por bem se antecipar e solicitar uma nova seleção para seus quadros. A razão é muito simples. Os cargos de analista administrativo e especialista em regulação da atividade cinematográfica e audiovisual ficaram de fora do atual concurso, o que não quer dizer que não haja carência de servidores nessas funções. Foram pedidas 62 vagas.

A expectativa é de que o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) se pronuncie, de maneira favorável, até o fim do ano.

As remunerações para os cargos partem, de acordo com a mais recente atualização da tabela de remuneração dos servidores públicos federais, de R$ 10.057,70 e podem chegar a R$ 15.890.

 
ANS

Segundo a assessoria de imprensa do órgão, foram solicitadas 82 vagas para os níveis médio e superior nos cargos de especialista em regulação de saúde suplementar (26), analista administrativo (31), técnico administrativo (22) e técnico em regulação de saúde suplementar (3).

Os salários variam entre as faixas de R$ 5.000 e R$ 10.000.

 
Antaq

O MPOG já analisa o pedido de abertura de 195 vagas para os quadros do órgão. Os cargos solicitados, que abrangem os níveis médio e superior, foram especialista em regulação de serviços de transportes aquaviários (76), analistas administrativos (20), técnicos administrativos (21) e técnico em regulação de serviços de transportes aquaviários (78). Segundo a assessoria de comunicação social da agência, não há como prever quando exatamente o MPOG se pronunciará a respeito da solicitação.

A faixa remuneratória obedece aos mesmos padrões observados para os cargos da ANS.

 

FOnte: Site Jornal dos Concursos
 

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar