E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Sejus-ES retoma concurso com 500 vagas de nível médio

Por: Editorial IOB Concursos
17/01/2013

A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) do Espírito Santo anunciou que está retomando o concurso aberto e suspenso no ano passado, cujo objetivo era preencher 500 vagas, distribuídas igualmente entre os cargos de agente de escolta e vigilância penitenciária e agente penitenciário.

O número de oportunidades e os cargos disponíveis foram mantidos. A única alteração foi nos requisitos para ambas as carreiras, que deixaram de exigir idade máxima (30 anos) – a suspensão havia acontecido justamente por conta desse limite.

Ambas as funções continuam cobrando os seguintes requisitos: nível médio completo, altura mínima de 1,60m para mulheres e 1,65m para homens e carteira de habilitação nas categorias B, C, D ou E. A remuneração oferecida é de R$ 2.156,70.

Inscrições poderão ser realizadas até as 16h de 15 de fevereiro, por meio do site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br), organizadora da seleção. A taxa para se candidatar é de R$ 60.

De acordo com a nota de reabertura (em anexo), os candidatos que, no ano passado, já haviam se inscrito para o concurso terão seus direitos de participação garantidos.

O processo seletivo será composto por prova objetiva, prova de condicionamento físico, exame de saúde, prova de aptidão psicológica, comprovação de idoneidade e conduta ilibada na vida pública e provada, além do curso de formação.

Remarcada para 17 de março, a prova objetiva, primeira etapa da seleção, está divida em duas partes: a primeira, com 30 questões de conhecimentos gerais, distribuídas entre língua portuguesa, matemática e atualidades; a segunda, com 20 questões de conhecimentos específicos.

Atribuições
O agente de escola e vigilância penitenciária é responsável por “exercer as atividades de vigilância das unidades penitenciárias, muralhas, guaritas e alambrados que compõem as Unidades; desenvolver ações de contenção, vigilância do interno durante o período de tempo no qual se fizer necessária sua movimentação interna, externa ou permanência em local diverso da unidade prisional (apresentação de internos aos juizados, transferência, condução à rede hospitalar de assistência médica e odontológica) e conduzir os veículos de transporte de internos”.

O agente penitenciário deve "exercer atividades de atendimento, custódia, guarda, assistência e orientação aos internos das Unidades Penitenciárias do Estado, e desenvolver ações de atendimento. Assistência e orientação aos familiares e visitantes dos internos das penitenciárias do Estado e conduzir os veículos de transportes de internos".

Fonte: site do JC Concursos.

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar