E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

PRF forma comissão organizadora do concurso para policial rodoviário

Por: Vanessa Cagliari
26/10/2016
Concurso PRF 


O próximo concurso público da PRF (Polícia Rodoviária Federal) está com iminência de receber autorização e lançar edital. Foi publicada pela Coordenadoria-Geral de Recursos Humanos da PRF a portaria de nº 2734/2016 que constitui a comissão organizadora responsável pela elaboração do edital do concurso da PRF para policial rodoviário.

 

 

O documento estabelece que a comissão deve concluir a elaboração do edital em 30 de novembro, podendo o prazo ser prorrogado até 30 de dezembro de 2016. A comissão do concurso é presidida pelo servidor Luciano Edgar Machado e conta ainda com Rosemberg Alves de Medeiros, Luciano Nogueira de Alveira Vieira, Ricardo Teixeira e Cidenor Guerra de Oliveira. Veja a portaria.

 

 

A comissão ficará responsável ainda por apresentar a proposta do edital do concurso da PRF, bem como definir as diretrizes do funcionamento do certame. Será também papel da comissão realizar o levantamento de impedimentos à realização de etapas de concursos e mapeamento de vulnerabilidades apontadas nas diversas ações judiciais, para realizar ajustes do futuro certame.

 

 

O cargo de policial rodoviário da PRF requisita formação de nível superior em qualquer área e carteira de habilitação a partir da categoria “B”. Com jornada de trabalho de 40 horas semanais, o cargo oferece remuneração inicial de R$ 7.167,91, já incluso o auxílio-alimentação.

 

 

Esse valor pode ser reajustado, caso seja aprovado o projeto de lei 5865/2016, que tramita na Câmara dos Deputados desde 1º de agosto, e prevê aumentos progressivos para a categoria. A remuneração de policial rodoviário contará com três reajustes, em janeiro de 2017, janeiro de 2018 e janeiro de 2019, e passará para os seguintes valores, respectivamente: R$ 9.491,98; R$ 9.931,57; e R$ 10.357,88.

 

 

Com um quadro atual de 10.200 policiais rodoviários em um cenário que deveria ter até 13.100 servidores, a defasagem de servidores da PRF já atinge mais de 3 mil profissionais, segundo informações do governo. Além disso, a PRF apresenta um grande número de profissionais que podem se aposentar e isso aumenta a necessidade de promover um novo concurso. Segundo a assessoria de imprensa da instituição, mais de 3 mil policiais poderão pedir aposentadoria entre 2016 e 2017, um índice de 35% do efetivo total.

 

E-mail já cadastrado. ×

Receba nossas novidades

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar