E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Os melhores concursos públicos previstos para 2017

Por: Vanessa Cagliari
28/10/2016
melhores concursos previstos para 2017 

O ano de 2017 reserva ótimas oportunidades para quem deseja investir na área pública: o Projeto de Lei Orçamentária Anual 2017 (PLOA 2017), enviada pelo Governo Federal ao Congresso Nacional, prevê a abertura de concursos públicos em 2017 para órgãos dos poderes executivo, legislativo e judiciário.

 

Somente para a Receita Federal são previstas 400 vagas para os cargos de assistente técnico-administrativo, analista administrativo, auditor fiscal e analista tributário, segundo o documento da proposta. Confira os melhores concursos públicos previstos para 2017.

 

1.Receita Federal 

Incluído no PLOA 2017, o concurso público da Receita Federal prevê a abertura de 400 vagas em cargos de níveis médio e superior. O texto da proposta cita a realização de concurso para os cargos de auditor fiscal, analista tributário, analista administrativo de nível superior; e assistente técnico-administrativo, de nível médio.

 

Um dos melhores concursos de 2017, a seleção da Receita Federal paga altos salários. Atualmente, a remuneração da carreira de auditor está fixada em R$ 16.201,64; para analista está em R$ 9.714,42; para assistente o salário inicial é de R$ 3.756,82; e para analista, R$ 4.969,02, já inclusos o auxílio-alimentação.

 

 

2.Polícia Rodoviária Federal 

Para o concurso público da PRF já foi constituída uma comissão responsável pelo desenvolvimento do edital que vai oferecer vagas de policial rodoviário. A portaria publicada pela Coordenadoria-Geral de Recursos Humanos do órgão estabelece que a comissão deve concluir a elaboração do edital em 30 de novembro, podendo o prazo ser prorrogado até 30 de dezembro de 2016. O cargo de policial rodoviário da PRF exige formação de nível superior em qualquer área e carteira de habilitação, categoria “B”. A remuneração atual do cargo é de R$ 7.167,91.

 

 

3.Polícia Federal 

O pedido de autorização do concurso da Polícia Federal para 558 vagas de perito (67) e delegado (491) tramita no Ministério do Planejamento e aguarda apenas a liberação de verbas. A defasagem de servidores no órgão já chega a 13.300 servidores, o que faz com que seja cada vez maior a abertura de uma nova seleção.

 

Os cargos de delegado e perito da Polícia Federal oferecem remunerações de R$ 17.288,85, e isso apenas no início da carreira. Para concorrer ao cargo de perito, é exigido nível superior em áreas específicas; e para delegado, graduação em direito e três anos de atividades jurídica ou policial.

 

 

4.Ministério da Fazenda 

No dia 07 de junho, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles solicitou ao Ministério do Planejamento uma autorização para realizar um concurso para o Ministério da Fazenda. Para o MF, foram pedidas 847 vagas, sendo 787 para assistente técnico administrativo (nível médio) e 60 para analista (nível superior). Os valores das remunerações são de R$ 3.756,82 e R$ 4.969,02, respectivamente.

 

Meirelles afirmou que é preciso fortalecer o quadro de servidores do Ministério da Fazenda, apesar dos cortes orçamentários; e por isso solicita a autorização do Ministério Planejamento apenas para suprir a carência de pessoal do órgão.

 

 

5.Banco do Brasil 

O Banco do Brasil (BB) também apresenta carência de servidores: desde 2015, o órgão apresenta uma redução de 2.710 vagas, fazendo com que a instituição necessite abrir um novo concurso. A última greve bancária, ocorrida nas últimas semanas, exigiu a contratação de mais servidores e aumento salarial, o que intensificou a autorização do concurso do BB para 2017.

 

 

Com a validade do último concurso para escriturário do Banco do Brasil em São Paulo encerrada em 08 de maio, o órgão deve iniciar um novo certame para o cargo para suprir a defasagem do cargo. A carreira de escriturário requisita formação de ensino médio e oferece remuneração de R$ 3.644,48.

 

 

 

6.Ministério do Trabalho

O Ministério do Trabalho reencaminhou ao Ministério do Planejamento, o pedido de autorização de concurso para 847 vagas de auditor fiscal do trabalho. Em 2014, o Planejamento encaminhou ao órgão uma nota informando que concederia o aval no decorrer dos próximos três anos, ou seja, até 2017.

 

Apesar dos cortes orçamentários, é grande a expectativa para que a autorização do concurso do Ministério do Trabalho seja liberada em 2017, pois o órgão sofre com uma grande defasagem de auditores. Atualmente, 2.850 servidores compõem o quadro da instituição, sendo que o necessário deveria ser 6.672 pessoas. A carreira de auditor fiscal do Ministério do Trabalho exige formação superior e o salário atual é de R$ 16.201,64.

 

 

 

7.Câmara dos Deputados

Outro concurso que já consta no PLOA 2017 é o concurso da Câmara dos Deputados, que prevê o provimento de vagas nos cargos de analista legislativo e técnico legislativo. Os cargos exigem formação de nível superior e médio, com salários de R$ 17.600,00 e R$ 11.500,00, respectivamente.

 

 

 

8.Banco Central (Bacen)

No dia 31 de maio de 2016, o Banco Central realizou um novo pedido de concurso para preencher 990 vagas, conforme informou a assessoria de imprensa do órgão que também confirmou que a demanda de vagas tem como finalidade preencher metade dos cargos em 2017 e metade em 2018.

 

Do total, 150 vagas são destinadas ao cargo de técnico, 800 para analista e 40 para procurador. O cargo de técnico exige nível médio; enquanto as carreiras de analista e procurador exigem nível superior em qualquer área e em Direito, respectivamente. Os valores dos salários são de R$ 6.463,44 (técnico); R$ 16.286,90 (analista); e R$ 17.788,33 (procurador).

 

 

 

9.Polícia Civil de São Paulo 

Em dezembro de 2015, o Governador de São Paulo sancionou a lei que trata do orçamento do estado para 2016. Foram liberadas 3.176 vagas e R$ 30,5 milhões para aplicação de concursos para a Polícia Civil de São Paulo.

 

As vagas de nível superior são para investigador (985), escrivão (922), delegado (221), perito (129) e médico legista (68). Já para quem tem nível médio, as oportunidades são de agente policial (248 vagas), papiloscopista policial (72), auxiliar de papiloscopista (136), agente de telecomunicações (252), auxiliar de necropsia (36), desenhista técnico pericial (11), atendente de necrotério (54) e fotógrafo pericial (41).

 

Os vencimentos iniciais são de R$ 4.171,49 para investigador e escrivão; R$ 10.079,28 para delegado; e R$ 8.538,49 para médico legista e perito. A remuneração para auxiliar de papiloscopista, agente policial e atendente de necrotério é de R$ 3.365,00; e para as demais funções, R$ 4.023,29.

 

 

10.Ministério Público da União (MPU)

O próximo concurso público do MPU precisa ser lançado até julho de 2017, prazo da validade do certame anterior. No entanto, analisando os históricos dos certames anteriores, o órgão sempre inicia seus preparativos antes do prazo de validade do último concurso. As vagas oferecidas são para nível médio e superior para os cargos de técnico e analista. As remunerações são de R$ 5.007,82 para técnico e R$ 8.178,06 para analista.

 

 

E-mail já cadastrado. ×

Receba nossas novidades

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar