E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

MPU concurso não terá validade prorrogada

Por: Editorial IOB Concursos
13/12/2012

O Ministério Público da União (MPU) conseguiu derrubar uma liminar concedida pela Justiça Federal do Rio de Janeiro que suspendia o prazo de validade do último concurso público do órgão realizado em 2010. Segundo o documento, deveria ser analisada a situação de 521 candidatos aprovados, que estavam no cadastro reserva, e que deveriam assumir os cargos.
 
A seleção, homologada em 10 de novembro de 2010, era válida por um ano, podendo ser prorrogada por igual período. Para técnico de segurança e transporte o prazo expira no próximo dia 13 de dezembro.
 
Com o concurso vencido, o MPU pode começar os preparativos para publicar um novo edital, provavelmente em meados do primeiro semestre de 2013.
 
Prepare-se – O último processo seletivo contava com 594 vagas nos cargos de analista e técnico para atuação nas unidades administrativas do órgão localizadas em todo o país. Além das vagas imediatas, o concurso também visava à formação de cadastro reserva. O organizador foi o Cespe/UnB.
 
Os cargos de analista exigiam nível superior e estavam distribuídos entre as seguintes áreas: administrativa, antropologia, arqueologia, arquitetura, arquivologia, biblioteconomia, biologia, comunicação social, contabilidade, controle interno (graduação em qualquer área), economia, engenharia (agronômica, ambiental, civil, segurança do trabalho, elétrica, florestal, mecânica, química, sanitária, estatística, geografia, geologia, informática (banco de dados, desenvolvimento de sistemas, suporte técnico), medicina, medicina do trabalho, analista de saúde nas especialidades de cardiologia, clínica médica, dermatologia, endocrinologia, enfermagem, fisiatra, ginecologia, nutrição, odontologia, pediatria, psicologia, psiquiatria e serviço social, analista atuarial e analista processual. O salário inicial para esses profissionais era de R$ 6.551,52, composto de vencimento básico e gratificação.
 
Já as chances de técnico eram para candidatos com o nível médio completo, nas funções de: técnico administrativo, apoio especializado – edificações, controle interno, orçamento, segurança e transporte, técnico de informática, técnico de saúde – consultório dentário e enfermagem; os três últimos também com curso técnico na área. Além da escolaridade alguns cargos também exigiam carteira de habilitação nas categorias D ou E. Nesses casos a remuneração era de R$ 3.993,09, já incluídas as gratificações.

Fonte: site do JC Concursos

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar