E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Governo de SP nomeia 790 aprovados do concurso da Polícia Civil-SP

Por: Vanessa Cagliari
10/03/2016
Governo de SP nomeia 790 aprovados do concurso da Polícia Civil-SP 



O Governo do Estado de São Paulo anunciou, por meio do Diário Oficial do Estado desta terça-feira (08), a nomeação de 790 profissionais da Polícia Civil de São Paulo aprovados em concurso público para os cargos de delegado (50), investigador (346) e escrivão (394). Agora, será realizada a posse dos convocados, que deve ocorrer dentro de 15 dias, e em seguida, os profissionais iniciarão o curso de formação na Academia de Polícia Civil.

 

 


Após o
curso, os policiais passarão por um período de estágio probatório para, depois, serem devidamente designados para departamentos e delegacias de todo o estado de São Paulo. "A convocação destes novos profissionais é muito importante para os 42 milhões de paulistas. Estes policiais se juntarão ao time dos que servem ao nosso Estado. Polícia é lugar de profissionalismo, cada vez mais com inteligência e equipamentos modernos. É um time que fará a diferença", disse o governador Geraldo Alckmin, que realizou a nomeação.

 

 

 

Além da Polícia Civil, também foram nomeados 288 profissionais para atuar na Polícia Técnico-Cientifica, sendo 112 peritos criminais, 73 auxiliares de necropsia, 35 médicos legistas, 30 fotógrafos técnico-periciais, 23 atendentes de necrotério e 15 desenhistas periciais. O Governo de São Paulo vem reforçando o quadro de servidores das polícias. Desde 2011, foram convocados 22.171 policiais, sendo 2.960 para a Polícia Civil, 18.791 para a Polícia Militar, e 420 à Polícia Técnico-Científica.

 

 

Verbas para os próximos concursos da Polícia Civil-SP estão garantidas

 

 

Os próximos concursos públicos da Polícia Civil-SP já estão considerados no orçamento do estado para 2016, que concede R$30,5 milhões em verbas para a realização de processos seletivos para diversos cargos, cursos de formação e aperfeiçoamento dos policiais. Depois das nomeações e da necessidade do aumento de servidores para o órgão, informada pelo secretário de segurança pública de São Paulo, Alexandre de Moraes, a autorização do novo concurso fica cada vez mais próxima.

 

 

No total, foram solicitadas 3.176 vagas, sendo 2.325 para carreiras com exigência de formação superior e 851 para cargos de nível médio, com salários iniciais de R$10.079,28 e R$3.365,00, respectivamente. Os cargos de nível médio são: agente de telecomunicações (252), agente policial (249), atendente de necrotério (54), papiloscopista policial (72), auxiliar de papiloscopista (136), auxiliar de necropsia (36), fotógrafo técnico pericial (41) e desenhista técnico pericial (11).

 

Os profissionais que atuarão nos postos de agente policial, atendente de necrotério e auxiliar de papiloscopista, receberão salário inicial de R$3.365,00, já incluso o adicional de insalubridade de R$571,51. Já os cargos de papiloscopista, agente de telecomunicações, auxiliar de necropsia, desenhista técnico e fotógrafo, o vencimento é de R$4.023,29, também com o complemento.

 

Em relação às funções com exigência de formação superior, as vagas são para: investigador de polícia (985), escrivão de polícia (922), delegado de polícia (221), médico legista (68) e perito criminal (129). As remunerações iniciais são de R$4.171,49 para investigador e escrivão, R$10.079,28 para delegado, e R$8.538,49 para médico e perito, já incluso o adicional.     

 

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar