E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Edital da PRF deve ser publicado nos próximos dias

Por: Editorial IOB Concursos
06/06/2013
A expectativa está próxima do fim. Depois de mais de um ano de espera, o concurso para 1.000 vagas no cargo de agente policial rodoviário é realmente iminente. O Cespe/UnB foi confirmado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) como a empresa responsável pela organização do concurso. 
 
Pensando em 2014
O Departamento de Concursos e Seleção da PRF, o DISEPRO, informou que o desejo do órgão é que em janeiro de 2014 já esteja sendo ministrado o curso de formação para esses novos policiais. A meta acertada com o governo federal é de que os novos policiais estejam formados para a Copa do Mundo que será realizada no país no próximo ano. Para que isso seja possível, pelos cálculos do DISEPRO, junho é o mês limite para a divulgação do edital de abertura. Justamente por isso, a PRF atuou para que a contratação da empresa organizadora se desse por dispensa de licitação – mecanismo que permite encurtar o processo de escolha da organizadora.  De acordo com o DISEPRO, este é o único meio de divulgar o edital sem estar próximo do fim do prazo fixado pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Este prazo dá à PRF até o dia 9 de outubro para lançar o edital.
 
Perspectivas
O cronograma é justo e dá pouca margem para manobra. O contrato com o Cespe, de acordo com a assessoria de imprensa do órgão, será assinado nos próximos dias. A minuta do edital já está pronta e já estava mesmo antes da autorização do MPOG. Com o contrato assinado, serão discutidas questões logísticas e ajustes pontuais na estrutura do concurso entre PRF e Cespe.
 
O último concurso promovido pela PRF, realizado no ano passado para sua área administrativa, também teve a empresa organizadora escolhida por meio de dispensa de licitação. Assim como agora, o escolhido foi o Cespe. Na ocasião, entre a assinatura do contrato e a liberação do edital passaram-se pouco mais de dez dias. Ainda que o novo concurso tenha maior amplitude e envergadura, é um precedente que serve de parâmetro.
 
Pelos planos da PRF, as provas objetivas, primeira etapa classificatória e eliminatória do concurso, serão aplicadas entre julho e agosto.
 
A função
Para concorrer ao posto de policial rodoviário é necessária formação superior em qualquer área do conhecimento. A remuneração, com valores já atualizados para o ano de 2013, consiste em R$ 6.479,81. Esse montante já considera o vale-alimentação de R$ 373 concedido a todos os servidores públicos federais.
 
O novo concurso privilegiará as áreas fronteiriças, com as oportunidades concentrando-se majoritariamente em regiões em que o Brasil faz fronteira com outros países. Diferentemente do edital de 2009, a opção não poderá ser feita na ocasião da inscrição. A lotação do futuro servidor irá depender de sua classificação final no concurso, incluindo o curso de formação. Aos mais bem colocados será dada a oportunidade de escolher entre as localidades com vagas disponíveis. Essa distribuição só será possível, no entanto, após processo de remoção interna que não necessariamente será finalizado antes da divulgação do edital.
 
Mais mudanças
Outra novidade, que pode pegar muitos candidatos de surpresa, diz respeito ao conteúdo programático. De acordo com o DISEPRO, o programa deve sofrer alterações significativas em relação ao edital de 2009. Entre as mudanças estariam a exclusão de disciplinas do direito, como o direito civil, e a abordagem de novas leis da legislação do trânsito. 
 
Fonte: site do JC Concursos.

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar