E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

DPU inicia escolha de banca organizadora de concurso para defensor

Por: Vanessa Cagliari
06/02/2017
concurso DPU 


Após formar a comissão organizadora responsável pelo desenvolvimento do edital de seu concurso para defensor público, a Defensoria Pública da União (DPU) agora iniciou o processo de escolha da banca organizadora.

 

 

A informação foi anunciada pelo setor de recursos humanos do órgão, que também informou que a quantidade de vagas de defensor ainda não foi definida e depende de um posicionamento da administração superior do órgão. Dessa forma, após esse parecer, poderá ser definida a data de lançamento do edital do concurso da DPU e o período das inscrições do certame.

 

 

A previsão é de que o concurso da DPU 2017 mantenha o mesmo método de avaliação dos candidatos do seu concurso anterior, realizado em 2014 e organizado pelo Cespe. O processo seletivo foi composto pelas etapas de prova objetiva, prova dissertativa, prova oral, análise de títulos e sindicância de vida pregressa.

 

 

Em relação aos requisitos para prestar a seleção, o cargo de defensor público requisita diploma de graduação em Direito e três anos de experiência na área jurídica comprovada. Atualmente, a remuneração do cargo está fixada em R$ 17.330,33.

 

 

Esse concurso da DPU para defensor é esperado desde 05 de setembro de 2016, quando o defensor público geral federal, Carlos Eduardo Barbosa Paz, constituiu os membros da comissão responsável pela seleção.

 

Os membros da comissão do concurso da DPU 2017 são o Diretor da Escola Superior da DPU, Dr. Fernando Mauro Barbosa de Oliveira Junior; o Conselheiro Seccional da OAB/RS, Dr. Armando Moutinho Perin; o Conselheiro Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Dr. Marcello Terto e Silva; a Defensora Pública Federal, Dra. Letícia Sjoman Torrano; e o Defensor Público Federal, Dr. Douglimar da Silva Moraes.

 

 

 

 

Projeto cria 2.751 vagas para a DPU

Tramita na Câmara dos Deputados, o projeto de lei 7922/14 que prevê a criação de 2.751 vagas para os cargos de analista da DPU (1.659) e técnico da DPU (1.092). Segundo o documento do projeto, as vagas deverão ser preenchidas gradativamente, sendo que esse quantitativo é necessário para os primeiros quatro anos de funcionamento do órgão.

 

O cargo de analista exige formação de ensino superior, enquanto a função de técnico requisita formação de ensino médio, com remunerações de R$ 7.323,60 e R$ 4.363,94, respectivamente.

 

 

Estude grátis com o curso online de Defensor Público da DPU, que oferece videoaulas e exercícios de 23 disciplinas, plano de estudos, palestras, simulados de provas anteriores e acompanhamento de orientador. Conheça nossa metodologia de ensino.

 

 

E-mail já cadastrado. ×

Receba nossas novidades

 

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar