E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Concurso TRF 2ª Região 2017: confira as vantagens de trabalhar como juiz federal

Por: Vanessa Cagliari
19/01/2017
vantagens de trabalhar como juiz federal 

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF 2ª Região) é um órgão vinculado ao Poder Judiciário do país e tem jurisdição sobre os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. A instituição é responsável pelos processos e julgamentos de recursos contra as decisões da primeira instância, dos mandados de segurança, ações rescisórias, conflitos de competência e revisões criminais.

 

 

Para trabalhar como juiz federal do TRF 2ª Região são requisitadas além da formação em Direito, a comprovação de atuação na área jurídica por um período mínimo, que, no caso, é de três anos.

 

 

No momento, o órgão está com concurso aberto para 50 vagas de juiz federal substituto, com inscrições até o dia 14 de fevereiro. Além do alto salário, outras vantagens de trabalhar no TRF 2ª Região são a possibilidade de se desenvolver profissionalmente e a ascensão na carreira. Se você está com dúvida se vale a pena prestar o concurso do TRF 2ª Região 2017, descubra as vantagens de trabalhar como juiz federal:

 

 

 

Salário inicial de R$ 27 mil

O salário inicial do juiz federal substituto do TRF 2ª Região é um dos melhores do país. Atualmente, a remuneração oferecida está fixada em R$ 27.500,17, além dos benefícios.

 

 

Ótimos benefícios

Os benefícios concedidos ao juiz federal englobam auxílio-saúde, auxílio-locomoção, auxílio-creche, ajuda para transporte e mudança, auxílio-refeição, auxílio-alimentação, ajuda de custo, adicional de insalubridade, adicional de periculosidade, gratificação de justiça itinerante, adicional noturno, abono variável, abono de permanência, indenização de férias e gratificação por hora-aula (no caso de juízes que trabalham também como professores).

 

 

Aprendizado

No início da carreira, o juiz federal substituto é encaminhado para trabalhar em pequenas comarcas, onde atua como auxiliar do juiz federal titular.

 

Neste período, ele participa de processos referentes à todas as áreas do tribunal: cível, criminal e juizados de pequenas causas, tendo a possibilidade de aprender o ofício de juiz federal por meio de diversas atividades. É de responsabilidade do juiz substituto atuar na ausência do juiz titular, e adquirir experiência juntamente com o apoio deste.

 

 

Crescimento profissional

Depois de passar pela experiência, um juiz substituto é promovido e passa a ser juiz de Direito de 1ª entrância. Nessa fase da carreira, o magistrado vai atuar em cidades de menor porte e será responsável por todos os processos da localidade.

 

Após aceitar a próxima promoção, ele vai trabalhar na função de juiz de Direito de 2ª entrância em cidades de maior porte, com outros juízes, mas cada um com a sua especialização.

 

Quando um juiz atinge dois anos de exercício no cargo e passa pelo estágio probatório, ele se torna vitalício. A partir dessa etapa, ele só poderá ser afastado do cargo por uma sentença transitada em julgado.

 

 

 

Quer trabalhar na função de juiz federal? Então, comece a se preparar desde já para o concurso do TRF 2ª Região 2017 com o curso online de Juiz Federal, que oferece acesso ilimitado ao conteúdo das aulas, palestras, simulados, plano de estudos e acompanhamento de orientador para tirar todas as suas dúvidas. Clique aqui e estude grátis.

 

 

E-mail já cadastrado. ×

Receba nossas novidades


 

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar