E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Concurso Ministério da Fazenda 2016: ministro solicita 2.495 vagas

Por: Vanessa Cagliari
15/06/2016
Concurso Ministério da Fazenda 2016: ministro solicita 2.495 vagas 

O Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, solicitou no dia 7 de junho, junto ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) dois pedidos de concurso público para o Ministério da Fazenda e outros órgãos ligados a ele. No total, foram solicitadas 2.495 vagas, sendo 1.000 somente para a Receita Federal.

 

 

Meirelles, que assinou os documentos, argumentou que o pedido foi realizado devido à necessidade de fortalecer o quadro de servidores do Ministério da Fazenda, apesar dos cortes orçamentários do país; e por isso requisita a autorização do Planejamento apenas para suprir a defasagem de pessoal do órgão.

 

 

Para o Ministério da Fazenda, o ministro solicitou 847 vagas para o cargo de assistente técnico administrativo, sendo 787 para a área de nível médio e 60 para nível superior. Os vencimentos iniciais correspondem a R$3.756,82 e R$4.969,02, respectivamente.

 

 

Em relação ao quadro da Receita Federal, foram destinadas 1.000 vagas de nível superior, sendo 400 para a carreira de auditor fiscal, com salário de R$18.754,20; e 600 para analista tributário, com remuneração de R$10.623,92. Um outro pedido de concurso já foi feito para a instituição, dessa vez para 4.000 oportunidades. Saiba mais.

 

 

Entre outros órgãos vinculados à Fazenda que foram contempladas no requerimento estão a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e a Superintendência de Seguros Privados (Susep). Os cargos são: administrador (19), arquivista (06), agente administrativo (83), assistente social (03), bibliotecário (02), atuário (01), contador (08), economista (03), estatístico (03), médico (06), psicólogo (02), técnico de contabilidade (10), técnico de assistência educacional (10), técnico em comunicação social (01), procurador da fazenda (150), engenheiro (20), inspetor da CVM (20), analista da CVM (20), agente executivo da CVM (40), analista técnico da Susep (30), agente executivo da Susep (40), especialista em previdência complementar (46), analista (23), e técnico administrativo (42).

 

 

O último concurso do Ministério da Fazenda foi aplicado em 2014 e ofereceu 1.026 vagas para assistente técnico administrativo. Sob a organização da Esaf (Escola de Administração Fazendária), o processo seletivo dos candidatos foi realizado por meio de duas provas objetivas compostas de 70 questões de Língua Portuguesa, Matemática e Raciocínio Lógico, Atualidades, Informática, Gestão de pessoas, Atendimento ao público, Ética do servidor na administração pública e Regime Jurídico dos agentes públicos.

 

Com informações de JC Concursos

 

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar