E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Comparando os editais: TJ SP x TJ BA

Por: Editorial IOB Concursos
19/02/2015
tribunais ba sp 

Os concursos de tribunais são os mais falados da atualidade, por serem aqueles com mais oportunidades durante o ano. Neste momento, estamos com dois principais concursos abertos de tribunais, que são o da Bahia e o de São Paulo.

 

Para saber em qual se inscrever vamos comparar os dois editais para ajudar na escolha de sua inscrição.

 

Cargos e formações

 

TJ SP - São três cargos que o órgão está ofertando, sendo que o mais cobiçado é o de Escrevente Técnico judiciário, que exige formação de nível médio. Os outros cargos são para Contador e Estatístico, ambos para formação de nível superior. Somente para o cargo de escrevente são 345 vagas e no total 377.

 

TJ BA - Com dois tipos de cargos, exigindo formação de nível superior jurídico, o tribunal dispõe em seu edital as vagas para Juiz Leigo e Conciliador. No total são 1.256 vagas e mais cadastro de reserva.

 

Inscrições

 

TJ SP - No estado de São Paulo, o Tribunal de Justiça estará com seu concurso aberto até o dia 06/03/2015 para as inscrições. A taxa para o cargo de Escrevente é de R$ 50,00.

 

TJ BA - Para os adeptos que pretendem trabalhar nos tribunais da Bahia, as inscrições vão até o dia 02/03/2015 com taxas de até R$ 19,00, dependendo do cargo.

 

 

Salários

 

TJ SP - O cargo de Escrevente Técnico judiciário conta com salário de 3.878,07, o que é considerado muito bom para a categoria e que tornará um dos mais concorridos.

 

TJ BA - A remuneração dos dois cargos abertos é feita por audiência realizada e pode chegar a R$ 3.091,26, no caso do Conciliador e R$ 8.558,52 para Juiz Leigo.

 

Resumindo

 

Os dois tribunais estão oferecendo oportunidades imperdíveis, mas os dois são muito diferentes. O TJ SP possui oportunidades para nível médio e superior, já o TJ BA está totalmente voltado para cargos jurídicos, apesar de o cargo de conciliador poder exigir formação em Administração, Psicologia, Serviço Social e Direito.

 

A vantagem do TJ SP é que mesmo os formados em nível superior podem prestar um concursos de nível médio com uma salário relativamente alto.

 

Os cargos para o TJ BA não possuem nenhum vínculo empregatício ou estatuário, sendo prestadores de serviço e remunerados por audiência realizada.

 

Os dois concursos prometem ser disputados, mas o TJ BA oferece muito mais vagas. São mais de mil contra 377 do TJ SP.

 

O último concurso do TJ BA para os mesmos cargos ocorreu em 2010, e do TJ SP em 2014.

 

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar