E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Como controlar o estresse e render nos estudos Parte #2

Por: Daniel Fernandes
09/12/2014
 

O estresse pode ser uma arma silenciosa e fatal, pois, muitas vezes não conseguimos identificar o problema e o quanto ele pode ser destrutivo em nossas vidas e em nossos objetivos.

Por esse motivo, listamos em uma postagem anterior como identificar o problema e soluções rápidas para resolvê-lo.

Agora, vamos introduzir algumas dicas avançadas para resolver o problema a longo prazo. Para isso, é necessário compreender a si mesmo e assumir o controle.

O estresse, geralmente, segue padrões e ciclos. É necessário entender esses ciclos para lidar melhor com o problema.

Entenda os sinais
É importante que entenda seu corpo e os sinais físicos que possam indicar quando você está ficando estressado. Alguns sintomas podem ser dor de cabeça, sentir os ombros contraídos e doloridos. Lembre-se que é bom cortar o mal pela raiz. Portanto, ao sinal de qualquer modificação ou sintoma, tente se acalmar e realizar os procedimentos apresentados em nossa outra
postagem sobre esse assunto.

Evite procrastinar
Embora a
procrastinação seja considerada normal, ela torna-se um problema quando impede seu funcionamento e resultará em estresse, sensação de culpa, perda de produtividade e vergonha em relação aos outros. Aprenda a gerenciar seu tempo e não deixar tudo para última hora.

Quando você tem muitas tarefas para fazer, tende a aumentar o prazo entre cada uma delas, isso é um erro. Com períodos menores para realizar suas tarefas, se sentirá obrigado a concluí-las o quanto antes e não deixará espaços para dúvidas e culpas. Seja disciplinado e não sofra por antecipação. Quanto mais rápido cumprir uma tarefa, maior será a sensação de alívio, evitando o estresse.

Não tenha medo de dizer “Não”

Você deve manter suas responsabilidades acadêmicas, por isso, não tem a obrigação de ajudar a todos.

As vezes, a dificuldade em dizer não está ligada à autoestima. Quando você diz “sim” da boca pra fora, não está sendo justo com você mesmo, poderá estar agregando mais tarefas do que é capaz de cumprir e, consequentemente, irá sofrer de sobre carga. Lembre-se que não é possível a agradar a todos, portanto, coloque-se em primeiro lugar.

Para estudar é necessário ter tempo e espaço mental, portanto, falar ou ouvir a palavra “não” é saudável e natural. Quando perceber isso, passará a ter mais disposição para cuidar de você mesmo.

Cuide de saúde

O estresse é uma reação física e fazendo a manutenção de sua saúde, poderá lidar melhor com isso. Por isso, não deixe de comer com frequencia refeições nutritivas, cortando ao máximo o “junk food”. Comece a praticar exercícios físicos, pois, embora pareça contraditório, o exercício vai lhe dar mais energia e disposição durante o dia a dia. Reduza os hábitos ruins como fumar ou ficar acordado até tarde, essas atitudes podem consumir sua energia que faltará na hora de estudar.


Lembre-se que sempre é bom procurar a ajuda de um especialista, alguns casos é necessário a ajuda de medicamentos para ajudar na concentração e reduzir o estresse. Porém, com força de vontade e foco é possível ter uma vida mais leve e saudável rumo aos seus objetivos.

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar