E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Câmara aprova projeto que cria 1.500 vagas para a Polícia Rodoviária Federal

Por: Vanessa Cagliari
07/06/2016
Câmara aprova projeto que cria 1.500 vagas para a Polícia Rodoviária Federal 

A Câmara dos Deputados aprovou na quinta-feira, 02 de junho, um projeto de lei que cria 1.500 vagas para a Polícia Rodoviária Federal (PRF). O projeto de lei 4253/2015 foi enviado ao Congresso Nacional no dia 31 de dezembro de 2015 e agora segue para ser avaliado no Senado Federal.

 

As vagas deverão ser preenchidas por meio de concursos, sendo que do total, 455 serão destinadas ao cargo de agente administrativo, 955 para a função de analista técnico administrativo, 27 para engenheiro e 23 para estatístico. A carreira de agente exige formação de ensino médio e oferece remuneração inicial de R$4.270,77, considerando o vencimento de R$3.812,77 e o vale-alimentação de R$458,00.

 

As demais funções requisitam diploma de graduação em áreas específicas e oferecem remunerações no valor de R$5.027,72, considerando o salário de R$4.569,72 mais o vale-alimentação.

 

A validade da última seleção para agente administrativo da PRF expira em 03 de julho de 2016. O concurso foi realizado em 2012 e organizado pela Cespe/UnB, com oferta de 61 vagas.  Os candidatos passaram pelas etapas de prova objetiva, de conhecimentos básicos e específicos do cargo; e investigação social.

 

 

 

Concurso para policial rodoviário  

 

A Polícia Rodoviária Federal já enviou ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) nova solicitação de concurso para preencher 1.500 vagas de policial rodoviário. O concurso estava previsto para ser aplicado em 2015. Mas, com os cortes no orçamento anunciado pelo Governo, a autorização acabou não acontecendo.

 

A função de policial rodoviário da PRF exige formação de nível superior em qualquer área de formação e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) a partir da categoria “B”. A remuneração corresponde a R$6.719,91, com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

 

Com uma oferta de 1.000 vagas, o último concurso para a carreira foi realizado em 2012 e organizado também pelo Cespe/UnB. O processo seletivo contou com prova objetiva, prova discursiva, teste de capacidade física, exame de saúde, avaliação psicológica, investigação social e análise de títulos.

 



Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar