E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Bacen já tem organizador para 515 oportunidades

Por: Editorial IOB Concursos
19/06/2013
 Prova de que estão avançados os preparativos para o próximo concurso para ingresso nos quadros do Banco Central (Bacen) foi a confirmação, obtida pela reportagem do JC&E junto à assessoria de imprensa do órgão, do Cespe/UnB como o responsável pela organização do concurso público. O Bacen admitiu a possibilidade de que hajam editais distintos para os três cargos que serão disponibilizados no concurso e ratificou a disposição de liberá-los em julho. O órgão, no entanto, reconhece que esse objetivo pode não ser cumprido e destacou o fato de que tem até setembro, pelo prazo fixado pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) quando da autorização para a seleção, para divulgar os editais.
 
Essa expectativa já havia sido antecipada ao JC&E por Sérgio da Luz Belsito, diretor executivo do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal). De acordo com ele, o Bacen trabalha para que seja possível divulgar o edital de abertura até o final de junho, de maneira que haja aos menos 60 dias para a aplicação das provas objetivas, que por essas contas ocorreriam em setembro.
 
Mais detalhes
Serão 400 oportunidades para analista, cargo que admite formação superior em qualquer área e apresenta remuneração de R$ 13.968,85; outras 100 para técnico, função que exige nível médio completo e ostenta vencimentos de R$ 5.531,23; e 15 para procurador, que possui o maior salário (R$ 16.092,13) e demanda graduação em direito. Esses valores, atualizados para o ano de 2013, já contabilizam o auxílio-alimentação de R$ 373.
 
O Bacen, que tem sede no Distrito Federal, tem subsidiárias nas capitais do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Ceará e Pará. Neste momento, só é certo que haverá oportunidades, e possivelmente a maior concentração delas, para Brasília.
 
Uma saída para a publicação do edital em junho ou julho seria postergar a definição da distribuição das vagas, não regionalizando a seleção. Mas essa é uma definição que o Bacen não deve tomar sem tratativas com o Cespe a respeito da logística da seleção.
 
Histórico
O concurso foi autorizado em março deste ano após espera de mais de oito meses pelo Bacen que havia enviado o requerimento ao MPOG no fim de julho de 2012. Foram solicitadas cerca de 2.000 vagas. O quantitativo autorizado, porém, forçou o órgão a reavaliar critérios e a eleger novas prioridades para o preenchimento e distribuição das vagas. Esse processo vem empurrando a abertura do concurso para seu prazo limite.
 
Fonte: site do JC concursos.

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

FECHAR x
Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar