E-mail/Senha incorreto. ×

ESQUECEU SUA SENHA?

Não se preocupe. Basta informar o e-mail que você usou para se cadastrar em nosso site.

Anac, ANP e ANS recebem autorização para realizar concursos

Por: Vanessa Cagliari
02/07/2015
Anac, ANP e ANS recebem autorização para realizar concursos 

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorizou a realização de 3 concursos públicos para um total de 286 oportunidades na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e na Agência da Saúde Suplementar (ANS). O comunicado foi divulgado por meio das portarias nº 235, 236 e 237 no "Diário Oficial da União", do dia 24 de junho.

 

Por meio da portaria nº 235, a ANS foi autorizada a realizar concurso público para 102 cargos, sendo 66 para técnico administrativo e 36 vagas para a função de técnico em regulação de saúde suplementar. A remuneração inicial para técnico administrativo está em R$ 6.062,52, e para técnico em regulação está em R$ 6.330,52, mais auxílio-alimentação de R$ 373,00 segundo a tabela de remuneração dos servidores federais de 2015.

 

Já a portaria nº 236 concedeu aval para a realização de concurso para 150 vagas para compor o quadro de pessoal da Anac, sendo 45 para técnico em regulação de aviação civil, 15 para técnico administrativo, 65 vagas para a função de especialista em regulação de aviação civil e 25 para analista administrativo. As funções de técnico administrativo e técnico em regulação de aviação civil exigem o nível médio e pagam remuneração de R$ 6.062,52 e R$ 6330,52, respectivamente.

 

Já para as funções de analista administrativo e especialista em regulação civil, é necessário possuir nível superior. O salário de analista está em R$ 11.444,29 e o de especialista em R$ 12.347,49.

 

 

Em relação à ANP, a portaria nº 237 autorizou a realização de concurso público para a contratação de 34 cargos, sendo 20 vagas para a função de técnico administrativo e 14 para técnico em regulação de petróleo e derivados, álcool combustível e gás natural. A remuneração inicial para técnico administrativo será de R$ 6.062,52 em caso de 80 pontos de gratificação de desempenho de atividade técnico administrativa em regulação e R$ 6.707,52 em caso de 100 pontos. Já para os técnicos em regulação, o salário será de R$ 6.330,62 para 80 pontos e R$ 7.042,52 para 100 pontos.

 

 

Os editais devem ser divulgados até dezembro deste ano, uma vez que o documento divulgado no Diário Oficial estabelece que as instituições têm prazo de até 6 meses, a contar da data de divulgação da autorização, para publicar o edital.

 

 

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.

Deseja mesmo encerrar esse chat?


Motivo:


Encerrar Cancelar